Lead Tracker

O que é Deep Link e como tirar o máximo proveito da tecnologia

10 junho, 2022 por

Imagine a seguinte situação: Você está divulgando uma aula gratuita no YouTube. Você envia o link da aula, mas quando seu aluno clica pelo celular, ele cai no site mobile do YouTube. A experiência do site mobile é ruim, o vídeo não fica otimizado para a tela do celular. Seu aluno perde a paciência e sai da aula. E você perde um expectador.

Parece frustrante, não é mesmo? E se fosse possível simplificar essa situação? E se o link que você enviou abrisse diretamente no aplicativo de celular do YouTube, a experiência do seu aluno fosse adequada e ele assistisse seu conteúdo do início ao fim?

É isso que um deep link faz.

Considerando que o brasileiro passa, em média, 5,4 horas por dia no smartphone (e desse tempo, mais de 80% é gasto dentro de aplicativos), fica evidente a importância do deep link em ações comerciais e de Marketing, conceito que vamos explicar a seguir.

O que é Deep Link?

Os deep links são nada mais que uma forma simples de levar para dentro de um destino específico de aplicativo. Essa tecnologia ajuda a criar uma conexão digital ainda maior e diminuir caminhos, em vez de criar uma série de passos para chegar aonde o usuário deseja.

No entanto, essa tecnologia não se limita ao universo mobile. Deep links também podem ser inseridos em um website, no intuito de levar um usuário a algum recurso específico de outro site que não esteja presente na página inicial, como uma imagem, um vídeo, outra página, um documento, etc., mas “pulando” estrategicamente a página inicial do próprio site.

Embora o conceito de deep link já exista há algum tempo, desenvolvedores e anunciantes só recentemente começaram a entender suas verdadeiras vantagens e grande potencial em termos de monetização e interação com seus usuários.

Conheça os principais tipos de Deep Links

Existem vários tipos de deep links: o deep link padrão (ou tradicional), o deep link diferido, deep link contextual, deep link personalizado, Universal Link (Apple) e App Link (Android).

1. Deep Link Padrão

O deep link padrão leva os usuários ao aplicativo somente se este já estiver instalado no dispositivo. Caso contrário, o link não funcionará e aparecerá uma mensagem de erro ou o clique não terá efeito. 

Os links diretos padrão são os mais rudimentares, mas são especialmente úteis para campanhas de retargeting, em que o profissional está interessado ​​principalmente em interceptar os usuários que já instalaram o app, por exemplo, com o objetivo de forçá-los a usá-lo ou oferecer compras em ações dentro do próprio aplicativo.

2. Deep Link Diferido

Os deep links diferidos (deferred) foram introduzidos posteriormente no mercado, por volta de 2014. O termo “deferred”, em inglês, refere-se ao fato de que, com esses links, é possível “adiar” o processo de deep linking para um momento após o download do aplicativo.

Se os usuários clicarem em um deep link diferido e não tiverem instalado o aplicativo, eles serão redirecionados para a App Store ou Play Store (ou para a página de destino do aplicativo para obter mais informações) e, depois de baixar o app, eles poderão finalmente acessar a página para onde foram inicialmente direcionados.

O deep link diferido evita o risco de que a primeira tentativa de um usuário de abrir o link termine com uma mensagem de erro, o que pode ser bastante prejudicial em termos de retenção.

3. Deep Link Contextual

Os deep links contextuais não são propriamente um tipo a parte de deep link, mas podem ser do tipo padrão ou diferido que apresenta algumas vantagens extras.

Em particular, graças a esses links, é possível armazenar uma quantidade maior de informações que permitem aos profissionais de Marketing aproveitar ao máximo seus conteúdos: onde os usuários estão tentando ir, onde encontraram o link (atribuição) e muito mais.

Os deep links contextuais são vantajosos para anunciantes, que podem levar futuros clientes até conteúdos altamente personalizados, e para usuários, que podem desfrutar de uma melhor experiência de uso.

4. Deep Link Personalizado

Os deep links personalizados (também chamados de esquemas de URI personalizados) foram os primeiros deep links propriamente ditos. 

Sua principal vantagem é que são muito fáceis de instalar, pois a maioria dos aplicativos já possui um esquema de URI (Uniform Resource Identifier) associado a eles. Eles ainda são usados ​​para fazer deep link no Android, enquanto a Apple bloqueou esse tipo de deep link em 2015, após o lançamento do Universal Link.

5. Apple Universal Link

Em 2015, a Apple lançou o Universal Link, que nada mais é do que deep links diferidos que funcionam para iOS 9 ou superior.

Ao baixar um aplicativo equipado com Universal Link, você também baixa um tipo específico de arquivo chamado Apple App Site Association. Esse arquivo contém uma espécie de “mapa”, um código que indica para onde levar o usuário que clicar no link.

6. Android App Link 

Os App Links nada mais são do que a versão Android do Universal Links da Apple. Eles funcionam exatamente da mesma forma, como um deep link diferido, e o arquivo associado é do mesmo tipo, mas é chamado de Asset Link. O Android lançou os App Links a partir do Android Marshmellow 6.0.

Como usar um Deep Link

O uso de Deep Links certamente pode marcar um ponto de virada para sua estratégia de Marketing. Os deep links são agora um elemento central das campanhas, independentemente do canal que você for utilizar. Vamos ver como os links diretos funcionam na prática e onde eles podem ser usados.

Mídias sociais

É um dos usos mais comuns dos deep links. Você pode criar um deep link para seu aplicativo em uma rede social, como Facebook e Instagram. Graças aos deep links diferidos, a URL redirecionará o usuário para a loja (App Store/Play Store) – se ele ainda não tiver baixado o aplicativo – ou abrirá o app diretamente.

Por exemplo, imagine que você tenha um lançamento em andamento. Você decide divulgar sua aula 02 com um anúncio contendo um trecho da aula. O objetivo final, no entanto, é que a aula completa seja assistida diretamente no aplicativo por meio dos deep links, a fim de adquirir novos usuários e/ou obter o reengajamento dos atuais.

Campanhas de e-mail

Os e-mails são uma ótima maneira de convergir links de atribuição e deep links. Os provedores de e-mail geralmente permitem medir cliques em links de atribuição, mas nem sempre permitem que você direcione o usuário para um aplicativo. Assim, você pode criar deep links e inseri-los em seus e-mails para melhorar a experiência do seu lead.

QR Codes

Muitos não gostam do uso de QR Codes, mas na verdade eles são um excelente canal se usados ​​da maneira correta. Esses códigos podem ser divulgados via e-mail, SMS e outros canais, e podem ser escaneados via smartphone.

Onboarding personalizado

Os dados associados ao link compartilhado podem ser usados ​​para criar um processo de onboarding personalizado. O conceito é muito simples: ao criar um link para seus usuários e compartilhá-lo nos canais, você pode incluir uma mensagem pop-up que será exibida como uma mensagem de boas-vindas.

Banner web-to-app

Um dos objetivos mais comuns dos deep links é levar os usuários do seu site para um aplicativo. Você pode, então, desenvolver banners personalizados para serem colocados no seu site, equipados com um botão que leva ao destino (um blog de lançamento, por exemplo) e é naturalmente alimentado por um deep link.

As vantagens dos deep links

Como você já deve ter entendido, o deep link torna muito mais fácil direcionar os usuários para outras páginas ou, especialmente, aplicativos e mantê-los dentro dele. Portanto, tem várias vantagens do ponto de vista de conversão, retenção, retargeting e muito mais.

Experiência do usuário e funis ininterruptos

O principal benefício do deep link é reduzir o atrito, permitindo que os usuários cheguem a um ponto específico, seja em um aplicativo ou site, em um único clique.

Os usuários não são mais obrigados a interromper sua experiência, nem a perder tempo procurando a seção ou artigo que lhes interessa. Além disso, o deep link permite otimizar campanhas inteiras em uma única página, sem ter que se preocupar com a navegação do usuário.

Retenção com deep links

De acordo com alguns dados apresentados pela Appsflyer, o deep link pode aumentar a retenção em até 31%, pois consegue manter o tráfego dentro de um aplicativo, mostrando aos usuários apenas o conteúdo relevante para eles.

Compras e vendas no aplicativo

Imagine um site de e-commerce que usa deep links para enviar notificações sobre as últimas ofertas e direcionar os usuários diretamente para a página com os itens oferecidos. Os usuários que clicam no link têm uma intenção muito maior do que o usuário médio, o que significa que é mais provável que levem ao crescimento da receita.

De fato, relatórios apontam um aumento de 148% na receita média por usuário, obtida graças ao deep link.

Engajamento e reengajamento

São os leads ativos que decretam o sucesso de um lançamento: o desejo de todo lançador é, portanto, reviver o relacionamento com leads inativos por meio de processos de retargeting.

Graças aos deep links, você pode direcionar leads inativos para conteúdos específicos em seu site, rede social ou aplicativo, que possam ser de seu interesse, aumentando assim a porcentagem de leads ativos.

Análise de dados

Os dados coletados podem ser divididos em dados do dispositivo e dados do usuário, facilmente exportados ou organizados em um dashboard para analisar as métricas mais importantes, utilizando uma ferramenta para gerar insights, como o Lead Tracker.

Boas práticas com o deep link

Antes de ver como você pode criar deep links do ponto de vista técnico, é bom ter em mente algumas boas práticas para implementar em sua estratégia de deep links.

Faça retargeting com deep link

Deep links são excelentes para estratégias de retargeting. A capacidade de enviar usuários diretamente para uma página de itens que eles já pesquisaram quase certamente levará a um aumento nas suas vendas.

Não deixe seus links quebrados

Um lançamento é continuamente submetido a processos de otimização e melhoria, que dizem respeito à mudança na promessa ou ao lançamento de um novo produto. Isso deve ser lembrado em sua estratégia de deep link, porque não faz sentido manter um deep link vinculado a uma página que não existe mais.

Incentive o compartilhamento social com deep links 

Poucas ferramentas são tão poderosas em termos de reengajamento quanto o reforço positivo de colegas e amigos.

Os deep links podem tornar mais fácil para os leads compartilharem os conteúdos do seu lançamento nas redes sociais deles. Você pode inserir links para compartilhamento em perfis sociais e ver o engajamento e as novas conversões.

Como implementar deep links

A implementação de deep links é relativamente simples. Alguns provedores de deep links oferecem produtos SaaS e podem orientá-lo na criação de deep links para campanhas de Mobile Marketing.

Em níveis mais avançados, profissionais de Marketing usam soluções de deep links para definir as jornadas que eles gostariam que seus usuários finais fizessem quando clicarem nos deep links que eles criam.

Eles também podem usar o poder dos mecanismos de deep links para entender melhor o desempenho da campanha. Por exemplo, medindo instalações, receitas, participação de usuários pagantes e LTV, ou para capturar as fontes de usuários que clicaram nos deep links.

Em campanhas de Lançamentos, os deep links podem ser uma ferramenta muito útil, conforme as vantagens apresentadas aqui. Mais do que apenas fazer uso como recurso de reengajamento, retargeting, retenção, entre outros, é importante acompanhar as métricas do uso dos deep links e, por meio delas, gerar insights que possam otimizar suas próximas campanhas.

O Lead Tracker possui um recurso novo, recém-lançado, chamado LeadLink, que utiliza tecnologia semelhante à do Deep Link.

O LeadLink encurta URLs em deep links, transformando-os em versões amigáveis, que podem ser usadas nas redes sociais, grupos de WhatsApp ou onde mais você quiser, inclusive utilizando seu próprio domínio customizado.

Mas o grande diferencial do LeadLink não é apenas ser um encurtador. E sim possuir tecnologia de rastreamento avançada que só a Lead Tracker oferece.

Quer saber mais sobre as novas funcionalidades do Lead Tracker? Acesse nosso site e confira nossos novos planos vigentes.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

Inscreva-se em nossa Newsletter

E receba por e-mail novos conteúdos